Tratamento de pé torto em adulto é destaque no Journal of Orthopedic Case Reports

Primeiro relato na literatura médica de caso de paciente adulto que iniciou tratamento aos 26 anos de idade com método Ponseti é destaque. 

 

 

O método de Ponseti foi adotado universalmente para o tratamento de pé torto negligenciado em crianças, mas não para pacientes adultos. Em países de baixa e média renda, existem pacientes adultos com CTEV negligenciado que permanece sem tratamento porque os pacientes têm acesso limitado a tratamento especializado.

Relato do Caso: O método de Ponseti foi aplicado em uma paciente adulta de 26 anos com pé torto negligenciado e sem tratamento prévio. Os pés apresentavam mobilidade funcional e sem deformidades residuais ao final do período de seguimento. Uma órtese de pé de abdução foi prescrita por 1 ano após o período de gesso. O paciente voltou às atividades normais após um período de acompanhamento de 8 meses.

Este sucesso terapêutico único em um paciente adulto com pé torto bilateral idiopático negligenciado mostrou que o método de Ponseti era uma boa opção de tratamento.

O Prof. Dr. Davi P. Haje é reconhecido mundialmente pelo seu trabalho com pacientes com pé torto congênito, estando listado no site da “Ponseti International (PIA)” , onde é reconhecido por essa associação como um “Ponseti Doctor” ou médico com expertise no método de Ponseti.

Veja o artigo completo clicando aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by themekiller.com watchanimeonline.co