Tratamento para deformidade do Tórax “Peito de Pombo”

A MAIOR EXPERIÊNCIA MUNDIAL NO TRATAMENTO CONSERVADOR DAS DEFORMIDADES TORÁCICAS

Estudando e cuidando de Pectus desde 1977

O que é Pectus ?


PECTUS não é uma doença.

Pectus é um grupo de deformidades no torax que acomete milhões de pessoas no mundo, mas que são desconhecidas pela sociedade, pois quem tem o problema o esconde. Deformidades pectus são muito comuns e não são apenas um problema estético. Elas também implicam problemas psicológicos para os pacientes e suas famílias, merecendo uma abordagem racional e uma discussão social para o benefício das pessoas que têm a condição.

Os primeiros relatos de deformidades tipo pectus foram identificados em obras de pinturas e esculturas do egito antigo que datam de 2400 ac. Embora Garcia, Seyfer e Graeber (1989) relatem uma incidência de um caso de pectus excavatum para cada 300 nascidos vivos e Haje, Haje e Simioni (2002) descrevam um caso de pectus para cada 100 estudantes escolares examinados, tais deformidades são normalmente pouco conhecidas pela população em geral.

Conforme descrito, as deformidades pectus são muito comuns e eles não são apenas um problema cosmético. Eles também implicam problemas psicológicos para os pacientes e suas famílias, exigindo uma abordagem racional e uma discussão social para o benefício das pessoas que têm a condição.

Pectus Carinatum - Antes | Centro Clínico Orthopectus

Pectus Carinatum

Pectus Excavatum - Antes & Depois | Centro Clínico Orthopectus

Pectus Excavatum

Clinicamente, perto de 7000 pacientes foram observados por Haje S., Haje D. e Silva, de 1977 a novembro de 2018 no nosso centro (Orthopectus). As deformidades pectus são variadas, e muitas vezes esteticamente diferentes umas das outros, mas com um fator causal comum - distúrbios na formação e no crescimento dos ossos e cartilagens anterior da parede torácica (veja o nosso artigo). Os fatores associados podem estar envolvidos na sua patogênese: hereditariedade, deformidades na coluna, como escoliose e / ou aumento da cifose torácica, e um perfil psicológico introvertido que agrava com o pico de crescimento na adolescência e o aumento natural da deformidade devido os ossos da parede torácica e as cartilagens de crescimento terem um crescimento anormal nesses pacientes.

Em 1990/91 Haje e colegas realizaram um experimento que resultou, pela primeira vez na história da Medicina (ver o nosso artigo), na reprodução das deformidades pectus em animais, sugerindo que essas deformidades podem ocorrer devido a uma desproporção entre o crescimento do esterno (osso do peito) e arcos costais (cartilagens costais e costelas).

O impacto psicológico de uma deformidade pectus pode ser devastador em um paciente e este impacto nem sempre está relacionado com a gravidade da deformidade. Sentimentos de frustração podem aumentar com a sugestão médica para aceitar a deformidade ou apenas tentar uma solução cirúrgica. Esse possível sofrimento ¬psíquico que as deformidades muitas vezes trazem aos seus portadores, principalmente na adolescência e, às vezes, por toda a vi¬da, especialmente naqueles com deformidades mais acentuadas, muitas vezes não é reconhecido pelos familiares ou por médicos, e é importante que o ortopedista ou médico assistente tenha conhecimentos sobre a etiologia, a patogênese, a fisiopatologia e as opções de trata-mento dos diversos tipos de deformidade pectus.

Tipos de Pectus

Pectus carinatum ( também conhecido como peito de pombo ) e pectus excavatum são deformidades complexas anatomicamente subdivididas em tipos variados, por vezes deformidades pectus mistas, de vários graus de severidade. A documentação fotográfica é o método ideal de se demonstrar os aspectos diversos dos componentes de protrusão e depressão de uma dada deformidade, bem como para o controle médico de complicações como hipercorreção e irritação cutânea. As fotografias clínicas devem ser comparadas sempre de um mesmo ângulo.

Os resultados demonstrados neste site não significam que o mesmo acontecerá com outros casos semelhantes. Os exemplos aqui mostrados são de pacientes que se dedicaram ao seguimento das orientações médicas durante o tratamento e visam esclarecer que a remodelação de ossos e cartilagens deformados da parede torácica anterior – uma região maleável – pode acontecer, evitando cirurgia.

Exames complementares em pacientes com pectus

Devido a incidência aumentada de escoliose e cifose na população com pectus, na Clinica Orthopectus, solicitamos de rotina radiografias da coluna. A análise tomográfica é muito útil para se pesquisar o desenvolvimento das deformidades pectus (veja artigo), mas na prática para o tratamento com o método Haje (uso e órtese e exercícios específicos), ela tem utilidade em poucos casos. Por outro lado, as fotografias clínicas, usadas em nossos estudos revelaram-se uma forma simples, eficiente, inócua e menos dispendiosa de se avaliar o tratamento das deformidades pectus. Em pacientes com pectus excavatum com queixas respiratórias ou cardíacas, pode ser solicitado exames cardiopulmonares, mas na prática a grande maioria desses exames são normais.

Tratamento do pectus carinatum e excavatum

A assistência médica é essencial para progresso do tratamento e para prevenir complicações, como hipercorreção e piora de irritação cutânea (veja artigo). Força de vontade e persistência do paciente durante longo período (um ou mais anos) são fundamentais para o sucesso do tratamento das deformidades pectus pelo Método Dinâmico de Remodelação ou Método DR. Veja mais informações em: http://orthopectus.com.br/metodo-dinamico-de-remodelacao-do-torax-centro-clinico-orthopectus/

Pectus Carinatum - Antes | Centro Clínico Orthopectus

Peito de Pombo

Pectus Excavatum - Antes & Depois | Centro Clínico Orthopectus

Peito de Sapateiro

Tire todas as suas dúvidas!

*Todos os campos são obrigatórios.

Powered by themekiller.com watchanimeonline.co