Procedimento realizado pelo Dr Davi Haje é destaque no Correio Braziliense

O tratamento de um quadro de pé torto congênito, realizado pelo Dr. Davi Haje, foi destaque em um matéria especial sobre o Hospital de Base no Correio Braziliense do último sábado, 18/01/2020.

A condição ortopédica costuma ser corrigida com manipulação seguida de gesso, mas esse não foi o caso da paciente. Nos primeiros meses de idade, os médicos informaram que só uma cirurgia corrigiria o problema, mas as condições financeiras e riscos foram um empecilho.

Em fevereiro de 2019, a paciente chegou à capital federal, onde marcou sua consulta.

Dr. Davi sabia que não havia casos na literatura médica sobre o tratamento de adultos de pé torto com engessamento, sem cirurgia, pelo método conhecido como Ponseti, mas se sensibilizou com o caso e quis tentar.

A jovem colocou o gesso nos dois pés e aguardou os resultados.

“Eu tinha medo. Muitas pessoas falavam que poderia não dar certo. Mas também confiava muito no médico e tinha fé, então só precisava segurar a ansiedade para tirar logo o gesso e ver como estavam meus pés”, diz.

O grande dia chegou em maio. “Foi uma sensação incrível! Cortaram o gesso, vi meus pés depois de mais de três meses e estava tudo bem. O procedimento deu certo e chorei muito quando percebi”, emociona-se.

Para deixar aquela data ainda mais marcante, Dr. Davi levou um presente. “Ele me deu um tênis. Quando voltei à Bahia, foi uma comoção grande na família. Minha avó não conseguia parar de chorar”, conta Daiana.

O procedimento está perto de completar um ano e faz parte da história do Hospital de Base.

Confira a matéria completa clicando aqui.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by themekiller.com watchanimeonline.co